AS TRÊS RAZÕES PARA UM RELACIONAMENTO AMOROSO NÃO DAR CERTO

O fim de um relacionamento amoroso é doloroso e isso gera inúmeros questionamentos em relação porque acabou. Você já teve um relacionamento que acabou e não sabe porque não deu certo? Vou te ajudar a entender citando três razões de um relacionamento não dar certo. Introdução O tempo de um relacionamento amoroso não significa o seu sucesso nem o seu fracasso. Têm pessoas que não acertam nos relacionamentos amorosos e acabam colecionando relacionamentos de curta duração ou que no fim não deram certo. Se você já passou por essa situação de colecionar relacionamentos que não deram certo, acredite, você não está sozinha nessa história. Muitas mulheres e muitos homens têm dificuldade em se relacionar com outras pessoas que desconhecem os verdadeiros motivos de nunca acertarem num relacionamento amoroso. Continue lendo o texto que você vai descobrir quais as três maiores razões de um relacionamento amoroso não dar certo. Sumário de conteúdo Introdução 1) Repetir padrões de comportamentos e pensamentos negativos de relacionamentos anteriores. 2) Ter falsas expectativas em relação ao relacionamento. 3) Ultrapassar os limites da outro. 1) Repetir padrões de comportamentos e pensamentos negativos de relacionamentos anteriores. Você sabia que a maioria dos nossos comportamentos são de ações mecânicas que muitas vezes nem percebemos? É como se o nosso cérebro funcionasse no piloto automático programado a realizar as mesmas atividades diariamente do tipo acordar, dormir, comer, escovar os dentes, etc. Por causa desse piloto automático muitas vezes somos condicionados a repetir as mesmas ações principalmente quando nos relacionamos com alguém. Talvez você tenha um padrão repetitivo de comportamento dentro do relacionamento que não perceba. Essa repetição pode ocasionar em gerar outros relacionamentos fadados ao fracasso, isto é, relacionamentos que não deram certo e simplesmente acabaram. Se você deseja iniciar um novo relacionamento que dê certo cuja relação seja duradoura, o primeiro passo é analisar quais são os comportamentos e pensamentos negativos que podem ter atrapalhado os relacionamentos anteriores e quebrar com essa repetição gerando novos comportamentos com pensamentos mais fortalecedores. Experimente escrever num papel em duas tabelas quais foram os acertos e erros dos relacionamentos amorosos, se lembrar quais foram as queixas de seus ex, e anotar tudo. Faça uma avaliação de tudo que escreveu e analisar o que precisa ser mudado. Se preciso procure ajuda profissional para te ajudar nessa análise. 2) Ter falsas expectativas em relação ao relacionamento. Quem nunca teve falsas expectativas quando conheceu alguém em potencial para se relacionar? Expectativas do tipo em querer namorar sem saber se ele tava afim ou expectativa no início do relacionamento em que mal começava a namorar e já sonhava com casamento, ser mãe e ter uma família. Se você já criou algum tipo de expectativa ilusória entra no clube porque eu também já tive. Está tudo bem ter expectativa e às vezes é inevitável. Porém, o meu aviso é não criar uma visão idealizada do outro nem do relacionamento antes de conhecê-lo profundamente a ponto de saber quais são os planos dele para o futuro. Sendo assim, tenha expectativas realistas que possam ser atingidas dentro do relacionamento. Procure conhecer bem o homem que você deseja se relacionar, converse com ele para saber quais são os planos dele para o futuro e ver se alinham com os seus planos. Desse modo você vai poder construir expectativas mais reais e possíveis de acontecer. Por fim sugiro montar um plano de ação das suas metas e assim poder executar ações direcionadas com foco na realização de seus objetivos. 3) Ultrapassar os limites da outro. Cada pessoa tem o seu limite e até mesmo você. Quais são os seus limites? Que coisas você não gosta de fazer? O que você evita? O que te faria ultrapassar os seus limites? Se até você tem o seu limite quem você pretende se relacionar também tem! Por isso é de suma importância você descobrir quais são os limites dele e respeitar porque cada limite deve ser respeitado. Não ultrapasse o limite do outro, isso pode desgastar a relação antes mesmo de amadurecer. E lembre-se, assim como ele tem limite você também tem, consequentemente, ele também tem de respeitar o seu limite para evitar quaisquer tipos de abusos seja psicológicos ou agressões físicas/sexuais.

Contate-nos

© 2020 por Janaina Ramos - Especialista em Relacionamentos

  • Facebook ícone social
  • Instagram