FIELDING (1707-1754)

Podem pasmar alguns de que uma história tão conhecida, e que fornecera tanta matéria de conversação, nunca tivesse sido contada ao Sr. Allworthy, talvez a única pessoa da redondeza que a ignorava.

Para explicá-lo até certo ponto ao leitor, julgo oportuno informá-lo de que não havia, em todo o reino, alguém menos disposto a contrariar essa doutrina relativa ao significado da palavra caridade, que se viu no capítulo anterior, do que o bom do nosso homem. Ele possuía, realmente, essa virtude em ambos os sentidos; pois, assim como ninguém compreendia melhor as necessidades, ou estava mais pronto a minorar as aflições alheias, assim ninguém era mais indulgente para com os caracteres dos outros, nem mais relutante em acreditar no que quer que fosse em seu desabono.

O escândalo, portanto, nunca teve acesso à sua mesa; pois, assim como foi há muito observado que se pode conhecer um homem pelos seus companheiros, assim me afoitarei a dizer que se podem conhecer os princípios religosos e políticos, o discernimento e, em realidade, todo o caráter de um grande homem ouvindo a conversação que se trava à sua mesa: pois, embora uns poucos sujeitos esquisitos expressam em toda parte seus pensamentos, grande parte do gênero humano tem o suficiente do cortesão para acomodar as suas práticas ao gosto e à inclinação dos superiores.

TOM JONES
LIVRO SEGUNDO
CAPÍTULO VI
O julgamento de Partridge, o mestre de meninos, por incontinência; o depoimento da esposa; breve reflexão sobre a sabedoria da nossa lei; acompanhada de outros assuntos graves, que serão mais apreciados pelos que melhores os compreenderem

Comentários