FLAUBERT (1821-1880)

- A senhora, por certo, está um pouco cansada? A gente é espantosamente chacolhado na nossa Hirondelle!

- É verdade - respondeu Emma -; mas os embaraços sempre me divertem; gosto de mudar de lugar.

- É uma coisa tediosa - suspirou o escrivão -, viver sempre grudado nos mesmos lugares.

- Se você fosse como eu - disse Charles -, continuamente obrigado a estar a cavalo...

- Mas - replicou Léon, dirigindo-se à sra. Bovary -, nada é mais agradável, parece-me; quando se pode - acrescentou.

MADAME BOVARY

Gustave Flaubert foi um escritor francês. Prosador importante, Flaubert marcou a literatura francesa pela profundidade de suas análises psicológicas, seu senso de realidade, sua lucidez sobre o comportamento social, e pela força de seu estilo em grandes romances, tais como Madame Bovary (1857), A Educação Sentimental (1869), Salambô (1862) e contos, tal como Trois contes (1877).

Comentários