BOCCACCIO (1313-1375)

Vocês devem saber, amorosas mulheres, que é inclinação de toda pessoa que vive a de querer ver várias coisas no sono; estas coisas se afiguram todas verdadeiras, a quem dorme, enquanto dorme; quando acorda, algumas parecem verossímeis, e uma parte é considerada fora de toda realidade; ainda assim, verifica que muitas se transformam em fatos. Por este motivo, muita gente presta, a cada um dos próprios sonhos, fé igual à que prestaria às coisas vistas em estado desperto. Essa gente se entristece e se alegra, de acordo com os sonhos que tem; e por eles se anima de receios, ou de esperanças. Outras pessoas há que, ao contrário, em nenhum sonho acreditam, a não ser depois que se veem atingidas pelo perigo visto durante o sono.

O DECAMERÃO
Quarta Jornada: Filóstrato
Sexta Novela: Pânfilo

Comentários