FLAUBERT (1821-1880)

Será que aquela miséria ia durar para sempre? Será que nunca sairia disso? Ela, entretanto, valia tanto quanto todas aquelas que viviam felizes! Tinha visto duquesas em Vaubyessard que tinham um porte bem mais pesado e maneiras mais comuns, e execrava a injustiça de Deus; apoiava a cabeça nas paredes para chorar; invejava as existências tumultuosas, as noites mascaradas, os insolentes prazeres com as extravagâncias que não conhecia e que eles deviam dar.

MADAME BOVARY



Gustave Flaubert foi um escritor francês. Prosador importante, Flaubert marcou a literatura francesa pela profundidade de suas análises psicológicas, seu senso de realidade, sua lucidez sobre o comportamento social, e pela força de seu estilo em grandes romances, tais como Madame Bovary (1857), A Educação Sentimental (1869), Salambô (1862) e contos, tal como Trois contes (1877).

Comentários