MIL E UMA NOITES

Se de tua vinda tivéssemos
Sido antes prevenidas,
Teríamos estendido, por tapete, a teus pés,
O sangue puro do coração
E o negro veludo dos olhos.
Teríamos estendido o viço das faces
E a carne jovem das macias coxas
Para teu leito — ó viajante da noite —
Porque teu lugar está acima de nossas pálpebras!

Comentários