STENDHAL (1783-1842)

A meia-noite soara havia tempo; foi preciso afinal deixar o jardim: separaram-se. A sra. de Rênal, transportada pela felicidade de amar, era tão ignorante que praticamente não se culpava de nada. A felicidade lhe tirou o sono. Um sono de chumbo tomou conta de Julien, mortalmente cansado dos combates que o dia inteiro a timidez e o orgulho haviam travado em seu coração.

O VERMELHO E O NEGRO

Comentários