BOCCACCIO (1313-1375)

— Belíssimas damas: muitos homens existem e muitas também são as mulheres, tão dotadas de estupidez, que chegam a acreditar firmemente nisto: — que, desde que se ponha, à cabeça de uma jovem, a branca touca monacal, e se lhe envolve o corpo no negro burel, ela deixa de ser mulher, passando a não sentir mais os apetites femininos, exatamente como se, ao fazer-se monja, ela se transformasse em pedra. Quando, por acaso, ouvem alguma coisa contrária a este conceito, as mencionadas pessoas se perturbam, como se alguém houvesse cometido um pecado enorme contra a Natureza. Os que assim procedem não pensam nem desejam ter algum respeito para consigo próprios, pois a eles a simples licença de poderem fazer o que bem entendem não basta para promover a saciedade; e também não pensam nas grandes forças do ócio e da solidão irrequieta. Da mesma forma, muitos são os indivíduos que acreditam, com igual firmeza, que a enxada e a pá, bem como as comidas pesadas e os desconfortos, tolhem aos trabalhadores da terra, os apetites concupiscentes, tornando-os atrasadões quanto ao intelecto e a astucia.

O DECAMERÃO
Terceira Jornada: Neifile
Primeira Novela: Filóstrato

Comentários