FIELDING (1707-1754)

Neste ponto, como as lágrimas lhe entrassem a correr fio a fio pelo rosto, ela deteve-se por alguns minutos, e prosseguiu depois desta forma:

- A vossa bondade, senhor, conquistou-me, de fato; mas farei por merecer-vos o apreço, pois, se possuo o entendimento que tão bondosamente haveis por bem reconhecer-me, um tal conselho não se esperdiçará em mim. Agradeço-vos, senhor, profundamente, a benevolência que pretendeis dispensar ao meu pobre filho indefeso: ele é inocente, e espero que viva para agradecer-vos todos os favores que lhe concederdes. Mas agora, senhor, cumpre-me suplicar-vos, de joelhos, que não persistais em pedir-me que vos declare o nome do pai de meu filho. Prometo-vos fielmente que o sabereis algum dia; os mais solenes laços e empenhos de honra, bem como os votos e protestações mais religiosos obrigam-me a ocultar-lhe o nome neste momento. E eu vos conheço muito bem para saber-vos incapaz de querer que eu sacrifique a minha honra ou a minha religião.

TOM JONES
LIVRO PRIMEIRO
CAPÍTULO VII
Em que se contém assunto tão grave que o leitor não poderá rir uma vez sequer durante todo o capítulo, a menos que se ria, acaso, do autor
Palavras de Jenny

Comentários