ZENÃO (490 a.C. - 430 a.C.)

(...) o todo é mais do que a parte; somos capazes de sabedoria e parte do mundo, logo o mundo é sábio.




Comentários