PASCAL (1623-1662)

Nunca fazemos questão do tempo presente. Antecipamos o futuro como lento demais a chegar, como para apressar-lhe o curso; ou chamamos de volta o passado, para o deter como demasiadamente rápido: tão imprudentes que vagueamos nos tempos que não são nossos e não pensamos naquele único que nos pertence; tão vãos que sonhamos com os que já não são nada e escapamos sem reflexão ao único que subiste.

Blaise Pascal foi um físico, matemático, filósofo moralista e teólogo francês.



Comentários