WILLIAM BLAKE (1757-1827)

Dize-me os atos, ó historiador, e deixa que eu te raciocine sobre eles como quiser. Fora com teu raciocínio e tuas tolices! Tudo que não é ação não vale a pena de ser lido. Dize-me o quê; não quero que me digas o porquê e o como: posso descobri-los eu mesmo tão bem como tu.

Catálogo Descritivo

Comentários