TRECHOS DE LEITURAS DIÁRIAS - 02/02/2017

"Mas que pai excelente vocês têm, meninas", disse ela, quando a porta se fechou. "Não sei o que vão conseguir fazer para compensar a generosidade desse homem; nem eu, a bem da verdade. Na nossa idade, não é mais tão agradável, posso dizer, conhecer pessoas novas todo dia; mas, para o bem de vocês, seríamos capazes de qualquer coisa. Lydia, meu amor, apesar de ser a mais nova, ouso dizer que o senhor Bingley dançará com você no próximo baile."

ORGULHO E PRECONCEITO
JANE AUSTEN

Nessa altura, deve ter adormecido. O vinho dera-lhe sono, e era tão bom esticar-se, um luxo que as correntes não lhe permitiam na cela. Jaime tinha apreendido havia muito a dormitar na sela durante uma marcha. Aquilo não era mais difícil. Tyrion vai morrer de rir quando souber como dormi durante a minha própria fuga. Mas agora estava acordado, e as algemas eram penosas.
- Senhora - chamou -, se tirasse essas correntes de mim, eu tomaria seu lugar nesses remos.
Ela voltou a franzir as sobrancelhas, com uma expressão que era toda dentes de de cavalo e suspeita carrancuda.
- Vai usar suas correntes, Regicida.
- Pretende remar até Porto Real, garota?
- Chame-me de Brienne. E não de garota.
- Meu nome é Sor Jaime. Não Regicida.
- Nega que matou um rei?
- Não. Nega seu sexo? Se assim for, desate essas calças e mostre-me. - Dirigiu-lhe um sorriso inocente. - Poderia pedir que abrisse seu corpete, mas, olhando para você, julgo que isso não provaria grande coisa.

A TORMENTA DAS ESPADAS
GEORGE R. R. MARTIN



Comentários