CECÍLIA MEIRELES (1901-1964)

Pastora de nuvens, fui posta a serviço
por uma campina tão desamparada 
que não principia nem também termina 
e onde nunca é noite e nunca madrugada. 
... 
Palavras de nuvens, por muito que espere, 
não há quem me explique meu vário rebanho. 
Perdida atrás dele na planície aérea, 
não sei se o conduzo, não sei se o acompanho.

Cecília Benevides de Carvalho Meireles foi uma poetisa, pintora, professora e jornalista brasileira. É considerada uma das vozes líricas mais importantes das literaturas de língua portuguesa. 



Comentários