OVÍDIO (43 a.C. - 18 d.C.)


Ninguém deve ser chamado feliz antes da morte e da sepultura.

Públio Ovídio Naso, conhecido como Ovídio nos países de língua portuguesa foi um poeta romano que é mais conhecido como o autor de Heroídes, Amores e Ars Amatoria, três grandes coleções de poesia erótica, Metamorfoses, um poema hexâmetro mitológico, Fastos, sobre o calendário romano, e Trístia e Epistulae ex Ponto, duas coletâneas de poemas escritos no exílio, no mar Negro.


Comentários