O DEMÔNIO

JANAINA RAMOS



Horrorizado na loucura do defunto engolido pela corrupção humana que o incendiou e o arrancou do seu sono atrasado. O ser maligno expulso do inferno perambula pelas podridões em busca de uma carne fresca, a sua o rejeita na própria podridão. No caminho desvirtuado surge a virtude de um virgem inocente de toda maldade. O demônio seduz a vítima com toda a riqueza e beleza do mundo em troca de sua alma, o jovem virtuoso cansado da pobreza fecha o acordo e vive o resto dos seus dias na eternidade aos prazeres do pecado.


Comentários