DESTINO

JANAINA RAMOS


Vem morte vencer a velhice.
Ó vida, onde está a sabedoria?
A mentira ultrapassou o poeta
e a verdade ironizou o sonhador.

Quebre a grade da cadeia
porque a prisão não é de ferro.
Se a salvação é tudo
Deus não é nada.

A liberdade o céu
e luta com o pássaro na nuvem.
A decisão canta ao meu eu
a ter uma profissão e ser alguém.

O futuro é o hoje,
o amanhã chegará no passado?
A teia fisgou o inseto
e a aranha comeu a formiga.

Comentários