CONHECER A MINHA ALMA

JANAINA RAMOS

(06/04/2009)

Conhecer o obscuro da minha alma.
Adentrar nos confins da minha mente,
ler os meus pensamentos
e deduzi-los a priori e a posteriori.

Desconheço a essência da minha alma,
a minha alma pode ser pura e virtuosa,
livre de qualquer vicio e martírios
que corroem a alma.
Será que desconheço mesmo a minha alma?
Não será um engano da minha mente?
Conheço a essência do meu ser,
mas ignoro a sua natureza.

Olho-me no espelho,
contemplo a minha imagem refletida,
em vão que procuro através dos meus olhos
encontrar a minha alma.

Comentários