CHARLES BAUDELAIRE (1821-1867)

Às vezes por prazer, os homens da equipagem 
Pegam um albatroz, enorme ave marinha, 
Que segue, companheiro indolente de viagem, 
O navio que segue os abismos caminha. 
Mal põem no convés, por entre as pranchas rasas, 
Esse senhor do azul, sem jeito e envergonhado, 
Deixa doridamente as grandes e alvas asas 
Como remos cair e arrastar-se a seu lado.

Charles-Pierre Baudelaire foi um poeta boêmio ou dandi ou flâneur e teórico da arte francesa. É considerado um dos precursores do simbolismo e reconhecido internacionalmente como o fundador da tradição moderna em poesia, juntamente com Walt Whitman, embora tenha se relacionado com diversas escolas artísticas. Sua obra teórica também influenciou profundamente as artes plásticas do século XIX.

Comentários