A MAGIA DO TEATRO

JANAINA RAMOS

A chama ilumina o espetáculo.
Somos os comediantes da balbúrdia humana.
A vida uma tragicomédia. O teatro
a atração das falsas encenações
em que somos coadjuvantes.

A sabedoria de Shakespeare,
espírito da criança na imaginação do filósofo.
Goethe chora e Gogol ri. Euripedes e Esquilo
ressurgem das cinzas do teatro grego
e são espectadores das tragédias.

Vê o teatro fora dos palcos,
aplauda a desgraça do ator sem máscara.
A magia do improviso o puro riso
do comediante que nunca sai de cena.
As cortinas se fecham e continuamos a atuar.



Comentários