VALORES

JANAINA RAMOS

(27/06/2014)

Sentidos não compreendidos
Da existência preso ao destino
De não saber sobre o outro.

A cruz na amizade
Golpeando o próximo
Que não é o inimigo.

Confiar a sete chaves e enterrar
O segredo mais fechado do mundo
Com o próximo fim da palavra.

Comentários