OS NAMORADOS

JANAINA RAMOS


30/07/2014

Conta-se a história de que relacionamento sério está fora de moda, que os solteiros não querem namorar por conta do compromisso e que os namorados sentem falta da vida de solteiro. Ora, as moças a partir dos 25 anos quando estão solteiras se desesperam por arrumar um namorado enquanto que os rapazes solteiros curtem a situação como tal.
É o que ocorre nessa pequena história. Um casal que nutre um grande sentimento um pelo outro, mas não se comprometem por temer um rompimento doloroso. Larissa é uma libertina que teve vários amantes e agora deseja namorar apesar de já ter tido um namoro que durou 2 anos enquanto que os outros relacionamentos foram breves. Pedro é conservador, teve poucas namoradas e não assume o namoro com Larissa.
O que os impede de assumir um sentimento e compromisso que nutrem um pelo outro? O fantasma dos relacionamentos anteriores os assombra, são namorados e agem como tal, não há palavras para definir essa relação livre de qualquer dogma. São namorados por compartilharem dos mesmos sentimentos, por terem os mesmos medos e anseios, por terem a mesma dúvida com relação ao futuro, pois imaginam que o amanhã irá os separar e por isso pensam viver um amor impossível cujo destino é nebuloso.
O amor dos tempos modernos da tecnologia com amantes conectados pela distância de um toque. Os breves momentos marcados na voluptuosidade dos prazeres na passagem da vida.

Comentários