ÊXTASE

JANAINA RAMOS

O toque no desnudo corpo
desperta Eros deitada no seio
em suas mãos. O fogo
desliza as curvas no escopo
entre o adormecido anseio
da posse e o despertar do ego.

O grito do seu ser penetra
no meu ventre e a chama
que corre nas mãos
esfria a paixão e tortura
até a agonia que flama
e silencia nos meus versos.

Comentários