CAMÕES (1524-1580)

Aquela triste e leda madrugada, 
Cheia toda de mágoa e de piadade, 
Enquanto houver no mundo saudade 
Quero que seja sempre celebrada. 

Ela só, quando amena e marchetada 
Saía, dando ao mundo claridade, 
Viu apartar-se de ua outra vontade, 
Que nunca poderá ver-se apartada.

Luís Vaz de Camões foi um poeta de Portugal, considerado uma das maiores figuras da literatura em língua portuguesa e um dos grandes poetas do Ocidente. Pouco se sabe com certeza sobre a sua vida.



Comentários