CAMÕES (1524-1580)

Mas o alto Deus, que para longe guarda
O castigo daquele que o merece,
Ou, para que se emende, às vezes tarda,
Ou por segredos que homem não conhece,
Se até'qui sempre o forte rei resguarda
Dos perigos a que ele se oferece,
Agora não lhe deixa ter defesa
Da maldição da mãe, que estava presa.

Luís Vaz de Camões foi um poeta de Portugal, considerado uma das maiores figuras da literatura em língua portuguesa e um dos grandes poetas do Ocidente. Pouco se sabe com certeza sobre a sua vida.

Comentários