CAMÕES (1524-1580)

Cinco vezes a Lua se escondera
E outras tantas mostrara cheio o rosto,
Quando a cidade, entrada, se rendera
Ao duro cerco que lhe entrava posto.
Foi a batalha tão sanguínea e fera
Quanto obrigava o firme pressuposto
De vencedores ásperos e ousados,
E de vencidos já desesperados.

Luís Vaz de Camões foi um poeta de Portugal, considerado uma das maiores figuras da literatura em língua portuguesa e um dos grandes poetas do Ocidente. Pouco se sabe com certeza sobre a sua vida.

Comentários

  1. Olá!
    Estou passando para conhecer seu blog. Gosto dos versos de Camões, muito.
    Também estou aqui para te desejar um fim de semana maravilhoso e cheio de coisas boas!
    Beijos.
    Fique com Deus.

    ResponderExcluir
  2. Quanta foto, mas cada uma mais linda que a outra! ;)

    ResponderExcluir

Postar um comentário