ANTERO DE QUENTAL (1842-1891)

Só males são reais, só dor existe;
Prazeres só os gera a fantasia;
Em nada, um imaginar, o bem consiste,
Anda o mal em cada hora e instante e dia,
...
Que sempre o pior mal é ter nascido!

Sonetos.

Antero Tarquínio de Quental foi um escritor e poeta português do século XIX que teve um papel importante no movimento da Geração de 70.

Comentários