RECORTES LITERÁRIOS: EM BUSCA DO TEMPO PERDIDO

Marcel Proust (1871-1922)
Como os diferentes acasos que nos põem em presença de certas pessoas não coincidem com o tempo em 
que as amávamos, mas, ultrapassando-o, podem ocorrer antes que comece a se repetir depois que terminou, as primeiras aparições que em nossa vida faz uma criatura destinada mais tarde a nos agradar, tomam a nossos olhos, retrospectivamente, o valor de um aviso, de um presságio.

PROUST, 2004, pp.297-298
Combray
NO CAMINHO DE SWANN
(Em busca do tempo perdido)

Comentários