RECORTES LITERÁRIOS: EM BUSCA DO TEMPO PERDIDO

Marcel Proust (1871-1922)

Certo, humana sob este ponto de vista, ela no entanto pertencia a uma ordem de criaturas sobrenaturais e que nunca vimos, mas que, apesar disso, reconhecemos deslumbrados quando algum explorador do invisível consegue captar uma, trazê-la do mundo divino a que teve acesso para brilhar por poucos momentos sobre o nosso.

PROUST, 2004, p.276
Um amor de Swann
NO CAMINHO DE SWANN
Em busca do tempo perdido

Comentários