PROUST (1871-1922)

Na doença é que descobrimos que não vivemos sozinhos, mas sim encadeados a um ser de um reino diferente, de que nos separam abismos, que não nos conhece e pelo qual nos é impossível fazer-nos compreender: o nosso corpo. Qualquer assaltante que encontremos numa estrada, talvez consigamos torná-lo sensível ao seu interesse particular, senão à nossa desgraça. Mas pedir compaixão a nosso corpo, é discorrer diante de um polvo, para quem as nossas palavras não podem ter mais sentido que o rumor das águas, e com o qual ficaríamos cheios de horror de ser obrigados a viver.

O Caminho de Guermantes, I.

Valentin Louis Georges Eugène Marcel Proust foi um escritor francês, mais conhecido pela sua obra Em busca do Tempo Perdido, que foi publicada em sete partes entre 1913 e 1927.

Comentários