MADRUGADA PROUSTIANA

Onde se esconde o passado, atrás de nossa memória escondido dentro do baú das recordações?

Meu passado se foi, o futuro está aí, daqui a um mês estarei um ano mais velha, sinto como se os anos me abandonassem e cada vez mais a infância se distancia. Adoraria voltar no tempo a ser criança novamente, diferente de outras crianças tive um crescimento precoce e não pude aproveitar bem a infância, justamente por isso penso que ainda tenho a ingenuidade, aquela inocência de uma criança, ainda brinco de boneca e adoro bichinhos de pelúcia.

Ainda sou uma menininha que gosta de boneca e ursinhos de pelúcia.
Talvez eu siga os passos de Proust e passe a escrever sobre as memórias perdidas da infância, num tempo tão longínquo e cada que sempre se distancia consequentemente acabamos esquecendo de vários momentos de um tempo onde era só brincadeira e diversão.

Ah que saudades da minha infância.

JANAINA RAMOS

Comentários