MADRUGADA PROUSTIANA

Proust nos narra a sua história, dizem que ele fala sem rodeios e até demais, ainda bem que expressa todos os seus pensamentos, sortudos somos nós. 

A narração estimula não só a imaginação do outro mas, principalmente, de quem narra. Se eu conto uma história a alguém inúmeras imagens se constroem na minha mente daquilo que está sendo contado e o mesmo se sucede com o outro que lê ou ouve.

JOHN WATERHOUSE
Séculos atrás a oralidade estava na moda, histórias eram ouvidas e não lidas, As Mil e Uma Noites foram narradas assim passadas de geração a geração, inúmeras histórias sem autoria pertencente somente ao povo, histórias marcadas por toda a eternidade e que nunca esqueceremos.

JANAINA RAMOS

Comentários