Hoje é o Dia Nacional do Livro. Data comemorativa para incentivo à leitura ou de incentivo à comprar mais livros? A triste realidade é de que poucos leem, não é de menos, pois infelizmente, comprar livro está saindo muito caro. Os livros importados acabam saindo mais baratos do que os brasileiros e com encadernações mais ricas. Raramente se vê agora livro de edição brasileira saindo de capa dura, raras as editoras que produzem livros assim. De nada adianta ter um incentivo à leitura se os livros continuarem a sair caro, eu sou uma leitora de berço e já tive dívidas por causa de livros. Um absurdo, nos últimos anos o preço vem subindo, não é surpresa se descobrirmos que menos leitores tem deixado de ler os livros. O povo brasileiro é humilde, não se vive de literatura e se poucos leem e compram livros há de se pensar como as livrarias se sustentam. Eu não posso dar-me ao capricho de comprar todo o livro que quero, por mais que eu queira tenho de controlar minha vontade de possuir uma obra, até elaborei o plano de comprar uma obra de cada vez que eu a ler.

Se o livro continuar aumentando de preço menos leitores irão deixar de ler e não terão culpa. Sei que existem as bibliotecas, eu sou uma bibliotecária, sei também que são poucos os que frequentam mesmo por falta de tempo para ter de pegar uma obra emprestrada para tê-la de devolve-la depois no prazo determinado pela biblioteca. São poucos os que querem ler mas não tem tempo igual que a biblioteca oferece durante o empréstimo. Consequentemente, aqueles que não conseguem ler no período determinado preferem comprar a obra e acabam sendo impedidos de ter a posse pelo alto valor.

Livros são para serem lidos e não para acumular poeira, se não baratear o valor logo não haverão muitos leitores.

Comentários