Confissões de uma menininha

Tem momentos que eu desistiria de tudo, digo de tudo que me aborrece e que me impede de fazer o que realmente gosto. Com o perdão da palavra que usarei pois odeio dizer grosserias digo que o meu curso é um saco, não aguento mais, o curso é um porre, nesse semestre mal vou nas aulas, e pensar que apesar de estar no último ano ainda terei de ir na faculdade ano que vem por conta de algumas disciplinas pendentes.

Abandonaria faculdade e trabalho simplesmente para fazer porra nenhuma ou passar a escrever o meu livro e assim começar a minha tão sonhada e esperada carreira de escritora. Me pergunto. Por que estudo Biblioteconomia? Nunca sonhara ser uma bibliotecária antes. Amo os livros e confesso que adoro catalogar. Utilizarei os meus conhecimentos biblioteconômicos na organização da minha biblioteca quando a montar, pois, sinceramente, tenho outros planos do que permanecer como bibliotecária. Sempre sonhei ser uma escritora e realizarei esse sonho. 

Desejo que o inferno desses dias termine logo. Que amanhã seja o dia em que eu possa satisfazer todas as minhas vontades e ser feliz sem depender de ordens superiores ou ser subordinada a algo. Enquanto esses gloriosos dias de ascenção não chegam, sorte minha que tenho o meu namorado que alegra os meus dias e distrai-me da frustração cotidiana. 

Ah! é tão lindo o amor e confesso que estou intensamente apaixonada e louca pelo meu namorado.

Te amo Fê.


JANAINA RAMOS

Comentários