As vozes da minha alma - Janaina Ramos

Fiquei ausente durante alguns meses, quer dizer, permaneci calada expressando-me somente da minha poesia e contos, escrevo conforme tempo e inspiração e posto esses textos logo que os termino.

A cada mês terá um temática especial, nesse mês estou postando AS CEM MELHORES CRÔNICAS BRASILEIRAS, postagem na qual desde o começo desse blog já posto, encerrando essas crônicas partirei para OS CEM MELHORES POEMAS BRASILEIROS DO SÉCULO. Em dezembro será exclusivo para CHARLES BAUDELAIRE. Aguardem para novas surpresas nas AS VOZES DA MINHA ALMA.





Vivo num estado de extase continuo, num sopro vespertino da razão insana, sou doida e adoro permanecer nesse estado de delirio ineterrupto.

De que serve a felicidade sem loucuras?

Você é feliz sem cometer alguma loucura?

Sinto nas veias que sou uma versão feminina de Dom Quixote. A minha imaginação criou e idealizou um personagem assim como o nosso Quixote fez com Dulcinéia. Ah, os amores idealizados são os melhores, os sonhos podem virar realidade...





Há dois meses que namoro com alguém que saiu da minha imaginação. Duvida? Falo sério. Foi paixão a primeira vista, ambos nos apaixonamos no primeiro olhar e demorou muito para o primeiro de inumeros beijos.


Logo que o vi sabia que era ele quem eu procurava, o homem dos meus sonhos, parece mentira mas ele se muito na aparência com o personagem que tinha criado anteriormente.

Destino?

Casualidade?

Eu escrevia assuidamente em diários, agoro escrevo em blog... Um fato despertou da sonolência dos sonhos esquecidos, eu aos 14 anos escrevi que sonhara com um homem com o mesmo nome do meu namorado...





Quero enlouquecer mais ainda do que a minha razão não permite. Seguirei os passos do meu mestre Quixote e rumarei ao mundo perdido e infinito do meu inconsciente imaginário...



Janaina Ramos

Comentários