As vozes da minha alma - Janaina Ramos

Hoje fui surpreendida pelo sono durante a aula, meu sono deve estar desordenado por causa de três noites não dormidas.

Pretendo passar outras noites acordada com o intuito de escrever o meu monologo, durante a madrugada com o silêncio da noite o meu espirito escreve mais do que de dia. Se o sono não me trair nessa noite ficarei acordada na companhia do meu notebook e de músicas...

Na quinta fui num bar com amigas, na sexta fui na balada também com amigas e no fim de semana fui na Virada Cultural. Adorei todos esses momentos em que sai da minha rotina, diverti-me muito como há muito tempo não me divirtia antes, o unico incomodo que foi causado foi o cansaço que se apoderou no meu corpo.

Não entrarei muito em detalhes a respeito da Virada Cultural, deveria ter escrito no domingo pois dai as minhas impressões não teriam saido da minha mente e por ora só restam idéias vagas e algumas lembranças.

O desagradavel foi o final em que se mostrava o lado da prodridão humana, não dava pra andar nas ruas sem sentir o mal cheiro de urina que exalava lá, sem falar na montanha de lixo jogado. Cada um deve ter a consciência da gravidade de seus atos de manter qualquer ambiente que frequenta num bom estado, limpo e confortável para todos.

Tomara que na proxima Virada Cultural em São Paulo não ocorra esses transtornos...

Quando as minhas idéias estiverem aflorando na minha mente no exato momento em que tiver no meu blog poderei explorar mais o meu espirito e escrever...

Comentários